Home / Geral / Projeto de Lei quer incentivar produção de energia limpa através do FGTS

Projeto de Lei quer incentivar produção de energia limpa através do FGTS

Projeto de Lei quer incentivar produção de energia limpa através do FGTS

Um projeto de lei prevê a liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para a compra de equipamentos de micro e minigeração de energias renováveis.

Com ênfase na possibilidade de aumentar a produção de energia limpa e favorecer a conta de luz do consumidor, o projeto ainda será votado pelos parlamentares.

Com autoria do deputado federal Sérgio Vidigal (PDT), o projeto passará por três comissões, antes de ser aprovado no Senado. Atualmente ele permanece na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS).

De acordo com Vidigal o projeto visa mostrar a importância da energia solar para o consumidor e permitir que o mesmo possa investir na implantação de equipamentos para gerar sua própria energia. Em entrevista ao jornal Folha Vitória, Vidigal ressaltou que o projeto de lei é uma força de incentivar a produção de energia solar no país.

“A geração da própria energia é uma tendência que vai crescer no Brasil nos próximos anos, por isso precisamos criar mecanismos para incentivá-la. Infelizmente, o custo inicial dos equipamentos para produção desta energia limpa ainda é bastante elevado” destacou ele.

O texto do projeto de lei permite que o FGTS seja utilizado na aquisição de bens e serviços para a instalação de micro e minigeradores de energia, seja de energia solar, eólica ou biomassa.

Veja Também

Energia eólica ajuda família real britânica a obter renda recorde

Resultado foi obtido graças a escolha da Rainha Elizabeth II, que quis instalar usinas eólicas …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.