Home / Biomassa / Nova tecnologia permite que fábricas de cimentos utilizem biocombustíveis durante a produção

Nova tecnologia permite que fábricas de cimentos utilizem biocombustíveis durante a produção

Uma nova tecnologia desenvolvida pela thyssenkrupp visa contribuir com o uso de combustíveis alternativos na produção de cimento.

Chamada de PREPOL®-SC, o novo produto possibilita a utilização de combustíveis alternativos sólidos com maior granulometria para alimentar os calcinadores, reduzindo os custos de produção e também o impacto ambiental.

De acordo com os desenvolvedores o novo sistema de combustão é direcionado ao mercado de cimentos e conta com uma fácil montagem e pouca manutenção.

A grelha de combustão é capaz de queimar combustíveis alternativos como resíduos sólidos, com um maior tamanho de partícula por mais de mil segundos a altas temperaturas.
Se comparado à tecnologia de um calcinador comum, o PREPOL®-SC abre uma nova dimensão na combustão segundo a thyssenkrupp, permitindo que novos tipos de resíduos sejam utilizados e proporcionem às empresas de cimento uma maior flexibilidade, eficiência de queima e um novo nível de economia de custo de combustível na operação de uma fábrica de cimento, além é claro da redução do dano ambiental.

Segundo Diego Segura, porta voz da empresa desenvolvedora, é possível queimar biomassa, dependendo das suas características de tamanho, poder calorífico e umidade.
“Vale mencionar ainda que o Prepol-SC é bastante adequado para a queima de combustíveis de dimensões de até 300 mm, o que possibilita, por exemplo, a utilização de resíduo urbano como combustível de uma forma eficiente e controlada, contribuindo para a redução de depósitos de lixos” ressaltou ele.

Veja Também

Produção de biomassa com resíduos de madeira vira alternativa em MT

A produção de eletricidade a partir de resíduos de madeira tem se tornado uma das …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.